Pimp Nossa Cooperativa inicia edição 2019 com mutirão artístico na CooperFênix, em Diadema

Organizada pelo Pimp My Carroça e patrocinada pela Novelis, a iniciativa leva artistas visuais para pintar os muros de cooperativa, com programação cultural gratuita para catadores, catadoras e suas famílias

São Paulo, julho 2019. No próximo dia 20 de julho, a CooperFênix, Cooperativa de trabalho Nova Fênix dos catadores e catadoras de Diadema, recebe o evento Pimp Nossa Cooperativa 2019, promovido pelo projeto Pimp My Carroça – iniciativa que busca desde 2012 tirar catadores e catadoras de materiais recicláveis da invisibilidade, por meio de ações que se utilizam, sobretudo, do grafitti – e patrocinado pela Novelis, líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio. A ação tem como objetivo promover o acesso à arte e a integração entre os catadores e suas famílias, além de realizar melhorias na cooperativa.

O dia contará com oficinas de stencil, mediação de leitura, com o grupo Rodas de Leitura, oficina de graffiti inclusivo para cegos, com o artista Júlio Falas, além da discotecagem do DJ Alan 45 e pocket show do Mano Moneys (confira programação completa). Além disso, 10 artistas visuais, como Nene Surreal, Mel Zabunov, Pixote, Rhailander, Thiago Noise, Recassio e Sérgio Free, irão pintar os muros da cooperativa, constituindo uma verdadeira exposição a céu aberto.

O evento foi criado em 2017, e já passou por cidades como Salvador e Recife, que ganharão também nova edição neste ano. “A ideia central do projeto é promover um mutirão de melhorias e pintura das cooperativas de reciclagem. Para isso, convidamos artistas visuais que, por meio do graffiti, chamam a atenção para o importante trabalho realizado pelos catadores e catadoras. A estimativa, de acordo com o MNCR (Movimento Nacional de Catadores de Recicláveis), é de que existam cerca de 1 milhão de catadores no país, responsáveis, segundo o IPEA, por 90% do que é coletado nacionalmente, sendo que, de acordo com a Pesquisa Ciclosoft, realizada pelo CEMPRE (Compromisso Empresarial de Reciclagem),  83% da população não tem acesso à coleta seletiva”, explica Carolina Pires, coordenadora do projeto.

Fernanda Santana, produtora do projeto em Salvador, completa: “Além da melhoria estética e visual, a proposta traz a dignidade e desperta a vontade de rearrumar os espaços de trabalhos das cooperativas”.

Em Diadema, o projeto chega no contexto do programa Vida Limpa, que realiza parcerias com os catadores para a coleta seletiva da cidade, e inclusão social. Diariamente, a cidade produz cerca de 320 toneladas de resíduos por dia, segundo a Prefeitura, que são encaminhados para um aterro sanitário em Mauá. Este número coloca a cidade como a maior fabricante de resíduos da região do Grande ABC, por isso o trabalho com os catadores tem sido bastante importante.

A Novelis apoia o projeto Pimp my Cooperativa com o objetivo de estimular a arte e cultura nas comunidades. Por meio de pinturas, é possível promover a reciclagem e a segurança do trabalho de maneira lúdica, incentivando melhores práticas e o bem-estar dos trabalhadores. “Para a Novelis, oferecer suporte para iniciativas como essa é essencial para fomentarmos o desenvolvimento das cooperativas, a integração nas comunidades em que atuamos e reforçar nosso comprometimento com a sustentabilidade. O projeto nos permite contribuir para o empoderamento dos trabalhadores, além de proporcionar melhorias nas cooperativas e benefícios ao meio ambiente”, afirma Eunice Lima, diretora de Comunicação e Relações Governamentais da Novelis América do Sul.

Confira a programação completa:

9h – 14h00 –  Atração musical: Dj Alan 45

9h30 – Início da pintura dos murais artísticos

9h30 – 17h – Mediação de Leitura, com o Rodas de Leitura

9h30 – 17h – Oficina de pintura e Stencil

11h00 – 13h00 – Graffitátil: oficina inclusiva de construção de esculturas com materiais recicláveis, com Júlio Falas

14h -15h – Oficina de discotecagem, com Alan 45

15h30 – Pocket show do MMONEIS

16h00 – Tour pelos murais produzidos durante o dia (com audiodescrição)

Ao todo, cinco cooperativas irão receber os eventos realizados pelo projeto, com entrada gratuita. As edições 2019 iniciam em São Paulo e circulam por Recife e Salvador até outubro. Confira cronograma completo:

20/07 – CooperFênix – Diadema

17/08 – Cooperativa em definição – São Paulo

24/08 – Cooperativa em definição – São Paulo

14/09 – Cooperativa em definição – Salvador

05/10 – Cooperativa em definição – Recife

Em 2017, primeiro ano de projeto, mais de 100 artistas pintaram mais de 3 mil m² de murais artísticos inéditos e autorais com a temática da reciclagem, meio ambiente e sustentabilidade. Já em 2018, o Pimp Nossa Cooperativa chegou a Salvador e Recife, além de São Paulo, e realizou cinco edições. Foram mais de 106 cooperados beneficiados, com a participação de 84 artistas (mais de 1690 m2 de murais artísticos produzidos), 125 voluntários e 33 atividades culturais.

O projeto é uma iniciativa do Pimp My Carroça, movimento que visa criar visibilidade social e remuneração mais justa para catadores e catadoras de materiais recicláveis, e conta com o patrocínio da Novelis, líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio, firmado via Lei Rouanet – PRONAC.

Serviço:

Pimp Nossa Cooperativa chega a CooperFênix

Data: 20/07/2019

Horário: 9h às 17h30.

Local: Av. Prestes Maia, 2080, Centro – Diadema

Sobre o Pimp Nossa Cooperativa

O Pimp Nossa Cooperativa é um projeto de revitalização das cooperativas de reciclagem. A iniciativa promove as pinturas de murais artísticos por artistas visuais atuantes na região, além de programação cultural gratuita para os cooperados e suas famílias. O projeto é uma realização do Ministério da Cidadania, com patrocínio da Novelis, por meio da Lei Rouanet.

Sobre o Pimp My Carroça

Movimento que trabalha, desde 2012, para tirar catadores de materiais recicláveis da invisibilidade por meio da arte, sensibilização, engajamento e participação coletiva. Até o momento, já foram beneficiados 1.706 catadoras e catadores, com a participação de 1.055 artistas, 2.243 voluntários em cerca de 50 cidades de 14 países diferentes, como Bogotá (Colômbia), Casa Blanca (Marrocos), Nova Iorque (EUA), Lima (Peru), Pristina (Kosovo), Recife (Pernambuco), Manaus (AM) Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Brasília (DF), Salvador (BA) e Curitiba (PR)

Mais informações: http://www.pimpmycarroca.com

Sobre a Novelis Inc.

A Novelis Inc. é líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio. A Empresa opera em 10 países, conta com aproximadamente 11 mil profissionais e receita de US$ 12.3 bilhões, referente ao ano fiscal de 2019. A Novelis fornece chapas e folhas de alumínio premium para os mercados de transportes, embalagens, construção civil e eletrônicos na América do Norte, Europa, Ásia e América do Sul. A Companhia é parte do Grupo Aditya Birla, um conglomerado multinacional sediado em Mumbai, na Índia. Para mais informações, acesse novelis.com e nos acompanhe pelo Facebook, em facebook.com/NovelisInc, e pelo Twitter, em twitter.com/Novelis.

Sobre a Novelis América do Sul

No Brasil, a Novelis possui atividades de laminação em Pindamonhangaba e Santo André/SP. A operação local envolve cerca de 1.500 profissionais e alcançou receita de US$ 2 bilhões no último ano fiscal. A fábrica de Pindamonhangaba foi inaugurada em 1977 e conta com cerca de 1.100 profissionais. A unidade é considerada um dos maiores complexos de laminação e reciclagem de alumínio do mundo.

Em 2019, o Brasil comemora 30 anos do lançamento das latas de alumínio no País e a Novelis faz parte desta história desde o início por meio do fornecimento de chapas de alumínio para os fabricantes de latas. Em 2018, de acordo com a Abralatas, o consumo de latas de alumínio cresceu 8,5%. O crescimento do mercado vem impulsionando também o processo de reciclagem e transformando o metal em um case de sucesso de economia circular em todo o mundo. A Novelis tem participação ativa para a conquista deste resultado, reciclando mais de 60% das latinhas coletadas no país, fazendo do Brasil o líder na reciclagem de latas de alumínio. A Novelis mantém onze centros de coleta de sucata espalhados pelo País e conta com o maior centro de laminação e reciclagem de alumínio da América do Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *