Hospital e Maternidade São Lucas realiza parto de gêmeas

Unidade hospitalar da rede municipal de Ribeirão Pires, que atende casos de baixa complexidade, realizou o parto de Flora e Zoe na sexta-feira (13/09)

Crédito-foto: Mariana Rodrigues (PMETRP)

Da Redação – O Hospital e Maternidade São Lucas, unidade da rede municipal de saúde de Ribeirão Pires, realizou na última sexta-feira, dia 13 de setembro, o primeiro parto gemelar após anos sem o atendimento de casos do tipo. Flora e Zoe nasceram no início da 38ª semana de gestação. A equipe do São Lucas foi reforçada para receber as bebês.

Ana
Beatriz Zanateli, 20 anos, mãe das gêmeas, reside com o marido, Erick Lohan
Zanateli, 24 anos, no Parque Aliança. Todo o pré-natal foi realizado na UBS
Central da cidade e no Hospital São Lucas. Apesar de não ser comum, de acordo
com a equipe médica, a gestante completou as 37 semanas de gravidez com saúde.
As bebês nasceram com 2,380 Kg (Flora, a primeira a nascer) e 2,430 Kg (Zoe),
ambas com 44 cm.

“O
grande limitador do parto gemelar é que dificilmente a gestação chega ao tempo
que Ana Beatriz chegou, e por isso costumam a ser prematuros”, explicou a
médica Elisângela Lírio Grigio, que coordena a equipe de ginecologia do
Hospital e Maternidade São Lucas. O parto, cesárea, foi realizado pela Dra.
Elisângela e pelo coordenador da equipe de neonatologista da unidade, André
Trovo.

Após
o parto, Ana Beatriz relembrou a trajetória de sua gestação e os momentos no
nascimento das filhas. “Foi muito tranquila (a cirurgia). O anestesista ficou o
tempo inteiro comigo, me explicando o que estava acontecendo. Estávamos muito
nervosos. Antes de começar, eu estava com medo. Mas a equipe toda me acalmou,
me orientou. Foi muito bom ter essa atenção. Me senti segura e confiante para
receber minhas filhas”, disse.

Erick
acompanhou todo o parto ao lado de Ana Beatriz. Depois de se preparar para
entrar na área de cirurgia, o pai de primeira viagem também sentiu bater a
ansiedade. “Depois que me prepararam para entrar na sala, o coração começou a
acelerar e caiu a ficha de que as bebês estavam vindo. E nossas princesas
vieram lindas e cheias de saúde, pra trazer ainda mais alegria pra nossas
vidas”, contou.

“Era
nosso sonho ter as meninas aqui no São Lucas. Eu e meu irmão nascemos aqui.
Graças a Deus tivemos essa equipe maravilhosa para nos atender nesse momento”,
concluiu Erick.

De
janeiro até o dia 16 de setembro desse ano, o Hospital e Maternidade São Lucas
realizou 863 partos. Desde 2017, após reestruturação da unidade, a Prefeitura
conta com parceria com o Grupo São Cristóvão Saúde para a gestão da maternidade
do São Lucas.

De
lá para cá, a Secretaria de Saúde municipal investe na humanização dos
atendimentos e na modernização dos serviços voltados à população, especialmente
para as moradoras. A partir de março desse ano, o Hospital passou a sediar o
Centro de Referência à Saúde da Mulher, com a realização de mamografia e
procedimentos cirúrgicos ginecológicos gratuitos.

“Trabalhamos
seguindo as diretrizes de Governo para garantir o bom funcionamento das
unidades de saúde de nossa rede municipal e garantir a qualidade dos
atendimentos prestados. Buscamos a resolução dos casos, priorizando o bem-estar
dos pacientes. Na maternidade do São Lucas, o serviço conta com a experiência
de uma equipe comprometida, seja na gestão, na área médica e de enfermagem, até
na recepção. Esse cuidado faz a diferença. Os resultados positivos dessa
dedicação são evidenciados nos depoimentos e histórias emocionantes dos
pacientes atendidos em nosso hospital”, avaliou a Secretária de Saúde de
Ribeirão Pires, Patrícia Freitas.

O post Hospital e Maternidade São Lucas realiza parto de gêmeas apareceu primeiro em CliqueABC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *