Agência e Inovare Alimentar assinam parceria para o desenvolvimento de novas tecnologias em agritech e sustentabilidade

A parceria prevê ainda o desenvolvimento de soluções voltadas a perdas e o desperdício de alimentos

A Agência de Desenvolvimento Econômico Grande ABC e a Inovare Alimentar Brasil, firmaram nesta terça-feira (07/12), protocolo de intenções de cooperação técnica e científica com a finalidade de desenvolver parcerias para viabilizar o desenvolvimento de novas tecnologias em agritech e sustentabilidade.

Entre os produtos está a elaboração de estudos e pesquisas para o desenvolvimento de soluções inovadoras relacionadas à sustentabilidade e a segurança alimentar e nutricional com destaque para a saúde pública, entregando ferramentas que garantam a qualidade desde a produção até o consumidor.

A parceria prevê ainda o desenvolvimento de soluções voltadas a perdas e o desperdício de alimentos e o impacto ambiental relacionados à produção, comercialização e consumo de alimentos relacionados aos Objetivos dos Desenvolvimentos Sustentáveis (ODS- 2030).

O presidente da Agência, Aroaldo Oliveira da Silva, pontuou a necessidade de diálogo entre os agentes públicos e privados no sentido de planejar o desenvolvimento econômico e social do Grande ABC.

“A parceria com a Inovare irá potencializar a discussão para um desenvolvimento econômico e social voltado à sustentabilidade. Estamos dialogando com as prefeituras, o setor produtivo, as universidades e as associações, debatendo biotecnologia, agritech, sustentabilidade, redução de desperdício e manejo dos resíduos sólidos, colocando o Grande ABC no centro do debate da ODS-2030, buscando um plano de ação regional para diminuição da pobreza, oferecendo qualidade de vida para todos e protegendo o planeta”, frisou Aroaldo.

Para o diretor executivo da Inovare Alimentar, Ronaldo Antônio Gonzalez, a cooperação tem o propósito de unir organizações, instituições e agências públicas e privadas, dedicadas à pesquisa tecnológica e inovação, em um esforço conjunto de cooperação para o desenvolvimento sustentável na região.

“Dentro das nossas finalidades, o grande desafio é potencializar todas as sinergias em nossa região, passando pelo desenvolvimento sustentável, tecnologia e inovação, onde está inserida a segurança alimentar, a saúde, o bem-estar, a qualidade de vida e a geração de emprego e renda”, destacou Gonzalez.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.