Semasa realiza missão técnica internacional para atualizar obras do Programa Sanear Santo André

Encontro possibilitou mostrar avanços e quais serão as próximas intervenções realizadas na cidade

Santo André, 9 de dezembro de 2020 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) realizou a segunda missão técnica com representantes da CAF (Corporação Andina de Fomento), o Banco de Desenvolvimento da América Latina responsável por financiar o Programa Sanear Santo André – uma das maiores obras de saneamento, drenagem e infraestrutura da história da cidade, no valor de US$ 50 milhões. O encontro, realizado de forma virtual, teve como objetivo informar o estágio das intervenções, bem como o escopo do programa.

As primeiras obras começaram em junho, com a canalização de 1,7 km do córrego Cassaquera. Cerca de 35% das intervenções já foram concluídas, o que inclui serviços de movimentação de terra, preparação da base, colocação de aduelas (estruturas de concreto armado que formam o novo traçado do curso d’água) e compatibilização do leito.

Essas intervenções fazem parte do Complexo Viário Cassaquera, que também contempla a criação de um novo sistema viário na avenida Luiz Ignácio de Anhaia Melo, além de projeto paisagístico na região.

A reunião com representantes da CAF também visou mostrar quais serão as próximas melhorias realizadas na cidade. “Foi um encontro muito proveitoso, em que também pudemos falar sobre a atualização do cronograma das próximas obras que estão previstas”, explicou o superintendente do Semasa, Ricardo Kondratovich.

Obras para 2021 – Para o próximo ano, a projeção é de que o Semasa dê início à construção de mais 10 Estações de Coleta. Ao todo, o Programa Sanear Santo André prevê que sejam implantados 20 ecopontos, o que vai dobrar a capacidade do município receber, voluntariamente dos moradores, resíduos recicláveis, entulho, objetos volumosos e eletroeletrônicos. Na cidade, já existem 22 equipamentos do tipo.

Em 2021, também estão previstos os serviços de ampliação e modernização do sistema de monitoramento de chuvas do município, além do término das obras de canalização do Cassaquera, com pavimentação da avenida Luiz Ignácio de Anhaia Melo e implantação de novos equipamentos de drenagem.

As atividades do Projeto de Trabalho Técnico Socioambiental do Complexo Viário Cassaquera também devem começar no ano que vem, proporcionando atividades de sensibilização e educação ambiental para os moradores da região.

Texto: Susi Elena
imprensa@semasa.sp.gov.br / 4433-9659
Fotos: Divulgação/ Semasa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.