Diocese de Santo André realiza missa em memória das 500 mil vítimas da Covid-19 no Brasil nesta sexta (25)

Com a mensagem de que “Toda Vida Importa” e em comunhão com a Igreja no Brasil, a Diocese de Santo André realiza nesta sexta-feira (25/06), às 19h30, na Catedral Nossa Senhora do Carmo (Centro de Santo André), a Santa Missa na intenção das mais de 500 mil vítimas da Covid-19 no país, que será presidida pelo bispo diocesano Dom Pedro Carlos Cipollini. A transmissão acontecerá pelas mídias diocesanas: Facebook: https://bit.ly/35YfmwA e YouTube: https://bit.ly/2zHgOqU .

“Nós estamos celebrando esta Santa Missa das Exéquias na intenção dos falecidos e também para confortar todos os familiares, amigos, parentes, porque não são números, são pessoas e o sofrimento é muito grande”, salienta Dom Pedro, que também é presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

Toque dos sinos

No último sábado (19/06), paróquias localizadas nas dez regiões pastorais da diocese, nas sete cidades do ABC, promoveram o toque dos sinos em solidariedade às vítimas e familiares que perderam seus entes queridos.

Em abril deste ano, durante o Domingo da Misericórdia, também aconteceu o badalar dos sinos como uma manifestação de sinais de esperança, fé e solidariedade, que recordou à época, as mais de 345 mil vítimas da Covid-19.

Em agosto do ano passado, Dom Pedro presidiu a Missa do Dia dos Pais na intenção das 100 mil vítimas da pandemia. À época, o bispo diocesano manifestou solidariedade às famílias enlutadas naquele momento da pandemia. “Essa Santa Missa também é oferecida em sufrágio das 100 mil vítimas que se foram. Pedimos conforto para os que ficaram. A força e a fortaleza para os cuidadores”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *