Páscoa deve incrementar vendas da Coop em 11%

Apesar do desafio do cenário atual da pandemia, a Coop – Cooperativa de Consumo está otimista com a Páscoa deste ano e, segundo a área comercial, as vendas deverão crescer 11% em relação ao ano anterior, considerando os itens relacionados ao período, como bacalhau, ovos de chocolate, bolo pascal, caixas de bombons, barras de chocolate e presenteáveis. Inclusive, as indústrias já têm antecipado algumas ofertas de produtos sazonais.

No segmento de mercearia doce, é possível encontrar nas 32 lojas da rede ovos de chocolate de várias marcas expostos nas parreiras, com destaque para a área infantil, que chega neste ano com mix diferenciado, e maior sortimento na linha regular de bombons e chocolates, que registrou em 2019 um crescimento nas vendas na ordem de 30%.

Só de bacalhau, são 37 toneladas, envolvendo lombo e posta de Gadus Morhua e peixes salgados tipos Saithe, Ling e Zarbo, além de polaca desfiado e outros peixes diversos que já têm maior saída no período da quaresma.

Outra vedete do período, o bolo pascal, deve aumentar suas vendas na ordem de 20%. Até o domingo de Páscoa, serão produzidas 20 toneladas, entre os sabores chocolate e frutas da marca própria – Delícias da Coop.

“Com preço competitivo, excelente qualidade e maciez, nosso bolo pascal é um delicioso complemento do café da manhã e, graças à sua charmosa embalagem, uma ótima sugestão de presente”, destaca a gerenciadora de produtos, Daniela Marchiolli.

Sobre a Coop: atualmente, é considerada a maior cooperativa de consumo da América Latina, possui mais de 850 mil cooperados ativos, cerca de 6 mil colaboradores diretos, 32 lojas de supermercados, sendo 24 no Grande ABC, uma em Piracicaba, três em São José dos Campos, duas em Sorocaba e duas em Tatuí, três postos de combustíveis e 56 drogarias.

Por ser uma cooperativa, seu principal objetivo é oferecer os melhores serviços a preços justos, além de reverter benefícios a seus cooperados e à comunidade, a exemplo do ciclo de palestras gratuito; programa de saúde e qualidade de vida; programas educacionais voltados aos estudantes da rede pública e particular e doações para entidades beneficentes das cidades onde conta com unidades de distribuição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *