COOP registra crescimento na venda de refeições prontas

Em tempos de pandemia, os pratos prontos, no formato marmitex, têm sido uma excelente alternativa de praticidade. Na Coop – Cooperativa de Consumo, a demanda tem apresentado crescimento mensal nas três lojas que oferecem o serviço – Industrial e Giovanni Pirelli, em Santo André, e na Humberto de Alencar, em São Bernardo do Campo.

Desde que foram lançadas as marmitex, no último mês de junho, somente na loja Industrial, segundo o gerente Marcio Fabiano Martins, já somava 2.480 unidades vendidas, sendo 1.219 da versão executiva, até a primeira semana de agosto. Do total de 287 servidas em junho, o movimento evoluiu para 1.353 no mês seguinte e, só nos primeiros oito dias de agosto, já acumulava fornecimento de 840 unidades.

A linha é apresentada em três versões (comum, executiva e especial) e com quatro opções de cardápios para cada dia da semana, incluindo sábado e domingo. Cada uma das versões reúne na embalagem uma carne ou massa, feijão, farofa ou legumes de acompanhamento a preços bem competitivos.

Por ficarem disponíveis num expositor térmico instalado na área da rotisseria, as marmitex já vêm quentinhas. Basta escolher o modelo que atenda seu paladar e, se preferir, é possível almoçar ou jantar no ambiente do restaurante ou da cafeteria das lojas Industrial e Humberto de Alencar, que adaptaram os espaços com todos os protocolos de segurança para reduzir o risco de contaminação da Covid-19.  Além dos pratos prontos, as rotisserias das três lojas também oferecem porções individuais de arroz, farofa, carnes e outros preparos.

Sobre a Coop: atualmente, é considerada a maior cooperativa de consumo da América Latina, possui mais de 850 mil cooperados ativos, cerca de 6 mil colaboradores diretos, 32 lojas de supermercados, sendo 24 no Grande ABC, uma em Piracicaba, três em São José dos Campos, duas em Sorocaba e duas em Tatuí, três postos de combustíveis e 57 drogarias.
Por ser uma cooperativa, seu principal objetivo é oferecer os melhores serviços a preços justos, além de reverter benefícios a seus cooperados e à comunidade, a exemplo do ciclo de palestras gratuito; programa de saúde e qualidade de vida; programas educacionais voltados aos estudantes da rede pública e particular e doações para entidades beneficentes das cidades onde conta com unidades de distribuição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *