MedABC organiza campanha de arrecadação de doações para compra de cestas básicas

Projeto é coordenado pelo Departamento de Assistência e Previdência (DAP) da FMABC e visa auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade social

O Departamento de Assistência e Previdência (DAP) do Centro Universitário Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), em Santo André/SP, formado por estudantes do 2º e 3º anos do curso de Medicina, está promovendo uma campanha beneficente de combate à fome na região do ABC. Até dia 9 de maio, o grupo estará arrecadando doações em dinheiro para a compra de pelo menos 500 cestas básicas, que têm custo individual de R$ 39. A campanha tem como objetivo combater o agravamento da situação de fome provocada nacionalmente pela pandemia de Covid-19.

Os mantimentos serão destinados às famílias que passam por atendimentos nos ambulatórios da FMABC, funcionários da equipe de Higienização da FMABC e familiares, ao GRAAC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer), além de nove comunidades, sendo oito no Grande ABC: Morro da Kibon e Vila Sacadura Cabral, em Santo André, Terra Prometida, Morro do Macaco, Jardim Ruyce, Naval, Eldorado e Comunidade da Coca, em Diadema, além da comunidade Caminho de Luz – projeto que cuida de famílias de refugiados na região do bairro da Sé, na Capital.

“O projeto surgiu como forma de tentar sanar, mesmo que de maneira pontual, um problema que se agravou muito durante a pandemia. Há algum tempo a economia não apresenta sinais de melhora e muitos estão sendo afetados por essa instabilidade. O número de pessoas em situação de rua aumentou, a taxa de desemprego subiu, muitos estabelecimentos comerciais tiveram que encerrar suas atividades e a população que vive em condições de insegurança alimentar chegou a níveis muito preocupantes. Tendo em vista esse cenário, decidimos promover uma campanha para arrecadação de cestas básicas para ajudar algumas das muitas famílias que se encontram nesta situação tão difícil. Todo pequeno gesto fará uma grande diferença”, disse o estudante de Medicina e presidente do DAP, Caio Henrique Bertoni.

A iniciativa tem apoio do Projeto Rondon da FMABC, que já realiza ações sociais no Morro da Kibon e na comunidade Terra Prometida. Caso a arrecadação alcance valor maior, o grupo pretende ampliar a quantidade de donativos. O depósito pode ser feito em conta corrente ou via PIX. Os dados para transferência estão disponíveis no Instagram do DAP (@dapmedicinaabc) ou na página no Facebook “DAP Medicina ABC”. Atualmente o grupo conta com 43 membros na gestão, sendo que os alunos do 1º ano de Medicina atuam como voluntários.

AÇÕES NA PANDEMIA

Durante o ano passado foram organizadas quatro grandes campanhas de arrecadação pelo DAP da MedABC. Em agosto, em ação na Praça da Sé, na Capital, a ‘Campanha de Inverno’ arrecadou R$ 10 mil para aquisição de itens para doação às pessoas em situação de rua. O montante foi investido na compra de 350 marmitas, 350 cobertores, kits de higiene, máscaras de proteção, álcool gel, chocolates, entre outros itens.

Em outubro, dois projetos foram destinados às crianças: entrega de brinquedos para os pacientes do ambulatório de Pediatria da FMABC e arrecadação de livros para incentivo à leitura. Ao todo, foram cerca de 2.500 livros e uma parte ainda será doada. Por fim, em dezembro, a Campanha de Natal foi promovida em parceria com uma líder comunitária de Diadema, quando foram entregues 300 sacolinhas contendo troca de roupa, brinquedo e kits de higiene pessoal para crianças de diversas comunidades carentes do município. Junto às sacolinhas, também foram doadas cestas básicas às famílias.

Em paralelo às campanhas de arrecadação, o DAP realiza outros projetos que envolvem crianças e adultos por intermédio de palestras, bate-papo e debates sobre temas importantes e em evidência na sociedade, como racismo na medicina, saúde mental, além de fornecer orientações de saúde preventiva relacionadas a campanhas como Outubro Rosa e Novembro Azul.

Em 2021, na ocasião do Dia Internacional da Mulher, em março, foram arrecadados absorventes para mulheres em situação de vulnerabilidade. Já no Morro da Kibon, em Santo André, foram distribuídos livros didáticos e roupas. Todas as ações são promovidas de acordo com normas sanitárias e protocolos de segurança contra a Covid-19.

O PROJETO

O DAP é um órgão sem fins lucrativos vinculado à FMABC e responsável por realizar projetos e campanhas sociais que prestam auxílio às comunidades carentes do Grande ABC. O objetivo é proporcionar aos voluntários contato com a medicina social para que tenham acesso à realidade cotidiana da população local. O projeto conta com pontos de entrega de doações em cidades da Grande São Paulo, Grande ABC e Campinas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *